Bíblia Sagrada - Antigo Testamento - Novo Testamento

A Bíblia é uma palavra grega que quer dizer livros, portanto a Bíblia Sagrada é uma coleção de livros que começou a ser escrita em torno do ano 1250 a.C., e o ponto final foi colocado 100 anos depois do nascimento de Jesus, portanto a Bíblia Sagrada levou 11 séculos para ser escrita.

A Bíblia Sagrada divide-se em Antigo Testamento – AT e Novo Testamento – NT, sendo o livro mais lido de todos os tempos, trata da revelação de Deus ao antigo Povo Hebraico, que teve sua plenitude em Jesus Cristo

No Antigo Testamento fala da história desse povo escolhido por Deus para fazer com Ele uma aliança, o surgimento desse povo, como viveu na escravidão no Egito, seus costumes, cultura, conflitos, derrotas e esperanças, etc., são 46 livros que contam a história desse povo, com uma linguagem apropriada a época em que os fatos aconteceram e foram escritos. Já o Novo Testamento foi escrito depois da Ressurreição de Jesus e conta o nascimento, vida,  paixão, morte e ressurreição de Cristo e também a experiência e a reflexão religiosa de Jesus e dos primeiros Cristãos.

Os 4 Evangelhos (Marcos, Mateus, Lucas e João) são o coração da Bíblia Sagrada, enquanto são o principal testemunho da vida e doutrina de Jesus – Caminho,  Verdade e Vida. São esses livros que contém os mais belos e importantes ensinamentos que Jesus nos deixou.

A Bíblia Sagrada é a palavra de Deus escrita pelo homem e para o homem, logo ela apresenta duas faces: a divina e a humana. O que faz da Bíblia Sagrada um livro único para a humanidade, além do inestimável valor histórico e filosófico, é a influencia que ela tem na vida das pessoas que através de suas páginas percebem a sua verdadeira condição diante de Deus, e o seu amor infinito para com seus filhos, porque a palavra de Deus é viva, eficaz e eterna.